Parceiros

terça-feira, abril 21, 2015

Vale o risco?! Piloto agrícola


Aviões pequenos, leves, que voam baixo (quase próximo ao chão) e fazem manobras perigosas afim de cuidar de uma zona agrícola, essas são as características dos aviões agrícolas. Para muitos uma profissão arriscada mas ao mesmo tempo prazerosa, é o que dizem os pilotos agrícolas. Confira o vídeo abaixo para entender um pouco mais sobre o que é ser um piloto agrícola.

Com o objetivo de empregar fertilizantes, defensivos agrícolas, combater incêndios, etc., os agrícolas iniciaram-se no Brasil por volta de 1947 por causa de um ataque de pragas a uma área na região Sul do país. Com a evolução tecnológica e o passar dos tempos, as aeronaves foram mudando chegando hoje a uma frota melhor do que naquela época. Confira abaixo o EMB 202 Ipanema, uma das aeronaves mais utilizadas na aviação agrícola:
Embraer 202 Ipanema
Por mais que na imagem acima pareça que o Ipanema esteja alto, estes aviões quando em operação voam em alturas baixíssimas, daí vem um dos principais fatores para que ocorra acidentes.
Pra você ter uma ideia, uma aeronave no setor da Agricultura, silvicultura ou pecuária empregando fertilizantes, por exemplo, voa entre 3 e 5 metros de altura, isso mesmo, eu disse altura, acima do campo. Para aqueles mais acostumados com a aviação civil e/ou militar, isso aí não equivale nem a 10 pés de altura.
Deixando a altura de lado, falemos agora sobre o que esses "loucos" fazem quando em voo. Como já visto no vídeo exposto acima, é normal que se façam curvas a todo instante, seja de baixa, média ou grande inclinação. Além das curvas, efetuar desvio de obstáculos também é constante. Quantas vezes no vídeo você vê ele passar próximo a uma ou várias árvores?! Sem contar em fios de alta tensão e outros inúmeros obstáculos que podem afetar a segurança do voo.
Tá certo que a formação é criteriosa e para alguém chegar a aviação agrícola precisa ter no mínimo 370 horas de voo e possuir a licença de Piloto Comercial e depois disso, passar por mais 31 horas de treinamento prático e aí sim está liberado para o ramo. A remuneração é ótima, especulam até R$ 1700 por dia, dependendo da safra. 
Como toda profissão tem o seu risco, como já dito anteriormente nessa postagem, chega a ser meio arriscado mas todos aqueles que pilotam um avião agrícola estão extremamente capacitados para tal. Isso na teoria, porque na prática é diferente. Inúmeros acidentes ocorram por ano, independente do motivo, são mais constantes que acidentes na aviação civil e militar.
Notícias relacionadas a acidentes na Aviação agrícola
Mesmo ainda com um número de acidentes maior do que na Civil e militar, o mercado para este tipo de aviação é bom, variando proporcionalmente na mesma intensidade do mercado agrícola, tendo em vista que o mercado agrícola aumenta entre 6 e 8% por ano, aumentando desta forma a procura por profissionais para a área, e como já citado anteriormente, com salários bons.

Finalizando, deixo vocês com um vídeo que mostra mais como é o trabalho desses caras. Apreciem:


Laerte Vasques

About Laerte Vasques

Author Description here.. Nulla sagittis convallis. Curabitur consequat. Quisque metus enim, venenatis fermentum, mollis in, porta et, nibh. Duis vulputate elit in elit. Mauris dictum libero id justo.

Subscribe to this Blog via Email :

1 comentários:

Write comentários
21 de abril de 2015 11:13 delete

caraca, a aviação agrícola é muito massa.

Reply
avatar